Site de ideias criativas

Tráfego Pago - Tudo o que você precisa saber sobre essa ferramenta para multiplicar suas vendas


Confira esse Tráfego Pago - Tudo o que você precisa saber sobre essa ferramenta para multiplicar suas vendas para fazer em casa



Tráfego Pago - Tudo o que você precisa saber sobre essa ferramenta para multiplicar suas vendas! 



Como empresário, você provavelmente já ouviu falar que quanto mais tráfego seu negócio tiver, melhor, certo?



Direi que para os empreendedores, as visitas, tanto pagas quanto visitas orgânicas, ajudam muito a aumentar sua visibilidade, influenciam novos usuários e, assim, aumentam significativamente suas vendas, pois, como diz o ditado: “Quem não mostra lembra”.


Portanto, se você quer saber como se destacar em seu negócio investindo de maneira adequada, este artigo é para você.

Aprenda gerar tráfego pago com conteúdo fechado e como criar conteúdo de qualidade, para gerar tráfego orgânico. Um curso online para ajudar você a ganhar dinheiro online por meio de anúncios.


Neste artigo, vou dissipar todas as suas dúvidas sobre o tráfego pago e deixar a chave de ouro no final para que você possa começar a vender hoje.


 Tráfego pago: tudo o que você precisa saber

Falar sobre tráfego de internet pago é um tópico muito denso. Isso ocorre porque muitas pessoas começam seus negócios digitais pensando que atingirão seus objetivos com pouco ou nenhum investimento. Até porque existe um receio (justificado) de desperdiçar dinheiro.

Neste artigo, vamos entender o que é tráfego pago e como criar uma estratégia que se adapte ao seu objetivo.

Como pode parecer óbvio, muitas vezes vemos o lançamento de um site e simplesmente não aceitamos visitantes que não sejam aqueles diretamente relacionados ao projeto. São parentes e amigos.


É mais ou menos como organizar um evento, em vez de anunciá-lo e deixar o público em branco quando isso acontece. Isso não é em vão. O tráfego orgânico que obtemos de mecanismos de pesquisa como Google, Yahoo, Bing ou DuckDuckGo (para citar alguns) não acontece da noite para o dia. Para este tipo de tráfego, preparamos uma estratégia de otimização de mecanismos de busca (SEO). Essa estratégia leva tempo.


Esta é uma pergunta fácil de entender. No momento em que este artigo foi escrito, já existiam mais de 1,7 bilhão de sites no mundo. Catalogar e localizar todos não é uma tarefa fácil. Sem mencionar que aparecerá durante a noite assim que a página entrar no ar.


É aqui que entra o tráfego pago. No momento em que você hospeda seu site, loja online ou página online, pode direcionar instantaneamente os visitantes para seu site ou loja. Existem várias plataformas para este fim, sendo as mais conhecidas o Google Ads e o Facebook Ads.


SEO e SEM

Outra confusão ocorre na mente das pessoas quando falamos sobre o Google. Depois, há definições como SEO e SEM (Search Engine Marketing), e a autoridade está pronta. Simplificando, SEO trata de mudanças técnicas, conteúdo e estratégias de aquisição de mecanismos de pesquisa. Ou seja, melhorias e melhorias para que as ferramentas localizem o conteúdo da página da melhor forma possível, o que melhora a classificação do site.


O SEO é importante tanto para o aumentar tráfego regular quanto para o pago. Mas qual é a diferença? A adesão é o tráfego que vem dos motores de busca e não através de publicidade paga. Mas organicamente, embora possa não parecer a princípio, acaba tendo um custo: tempo, dedicação e técnicas de SEO.


E SEM é tudo sobre estratégia de mecanismo de pesquisa, orgânica e paga. Assim, o tráfego pago pode fazer parte de sua estratégia de marketing de mecanismo de pesquisa se estivermos falando de links patrocinados.


Resumindo: o tráfego orgânico é todo o tráfego que vem sem cliques em anúncios, e o tráfego pago é tudo o que vem de anúncios direcionados para suas páginas.


O que é tráfego pago?

Tráfego é o público que visita uma página, site ou loja online. Tráfego pago é todo aquele visitante que veio aqui por meio de anúncios.


Hoje em dia, quando sites, páginas e até perfis de mídia social são ferramentas poderosas de marketing digital, é possível pagar uma determinada quantia para atrair visitantes ao seu site, ou seja, esse tipo de tráfego pago.

Nesse caso, você está investindo valor e fazendo com que mais visitantes acessem sua página. Temos um exemplo no Google Ads, você seleciona uma palavra-chave relacionada ao seu negócio e, quando as pessoas pesquisam por ela, sua página aparece primeiro.


O tráfego pago nada mais é do que investir dinheiro em uma determinada plataforma e sites de publicidade, a fim de atrair um público diferente para uma determinada página, site, perfil, oferta ou loja online.


Que métodos existem?

As principais fontes de tráfego pago funcionam de duas maneiras diferentes: CPC e CPM.


Normalmente, essas ferramentas funcionam com o termo "lance", que no significado da palavra "leilão" em inglês significa "oferta". Isso porque você não é o único que deseja anunciar a mesma palavra-chave, certo? As ferramentas irão então analisar a relevância dos resultados e o lance colocado nos anúncios, selecionando assim quais resultados são mostrados primeiro. Confira as principais diferenças entre CPC e CPM:

CPC - Custo Por Clique

Esse método é ideal para quem está tentando direcionar tráfego real para suas páginas, afinal você paga por clique em seus anúncios, ou para quem sabe exatamente quanto quer gastar nesta estratégia de marketing onde você pode customizar as ferramentas com o valor máximo que você vai investir.

Existem também duas seções

Lance automático: você pode definir um valor diário a pagar e, com base nisso, por exemplo, o Google Ads tentará obter o máximo de cliques possível até esse valor.

Lance manual: este é um modelo de lance manual. Você só paga quando alguém clica em seu anúncio, mas pode definir o número máximo de cliques que deseja manter dentro do seu orçamento e ter mais controle sobre quanto gasta por clique.

CPM - Custo por mil impressões

O método CPM difere do método CPC porque não se concentra no número de cliques que seus anúncios receberam, mas sim no número de impressões, que nada mais é do que o número de vezes que as pessoas veem seu anúncio, independentemente de clicarem ou não .

Esta é a melhor opção para quem busca visibilidade e melhor posicionamento de marca, como uma loja online recém-criada.

 

Uma vantagem desse método é que apenas o preço do lance em relação aos seus concorrentes determinará qual anúncio aparecerá primeiro, mas a desvantagem é que você pode pagar por impressões e acabar não recebendo nenhum clique.

Não se pode dizer que os dois modelos são melhores que o outro, no final vai depender do seu objetivo e tipo de negócio e claro de quanto dinheiro você quer investir.

Veja como você pode usar o tráfego pago 👇

  • Detecção de ações específicas.
  • Tornar seu trabalho mais visível;
  • Aumente a conversão.
  • Aumentar sua reputação no Google;
  • Crie mais de um anúncio.


As principais vantagens e desvantagens do uso de tráfego pago

- Vantagens principais

a) Segmentação do público

Todas as plataformas de publicidade possuem um sistema de segmentação de público que será afetado pelo seu anúncio, você pode escolher, por exemplo, as seguintes características do público-alvo: sexo (sexo), faixa etária (idade), preferências e interesses, dispositivo (IOS, Android, desktop, etc.), etc.

Estas funcionalidades de segmentação, quando utilizadas de forma correta, permitem-lhe apresentar os seus produtos ou serviços ao público certo, realmente interessado em adquiri-los, no momento em que os procuram.

b) Resultados instantâneos

A principal diferença entre o tráfego pago e outras estratégias de marketing digital é a capacidade de obter resultados instantâneos. Esses resultados incluem não apenas vendas, mas também visibilidade, reconhecimento da marca, maior autoridade e uma melhor compreensão da jornada de compra de seu personagem.

c) Aumentar as vendas

Esse é o melhor motivo para investir em tráfego pago.

Não há dúvida de que todos os empreendedores (empresas locais ou empresas online) estão ansiosos para se beneficiar de seus resultados.

Portanto, as visitas pagas são uma ótima opção para obter um retorno rápido e econômico.

d) Baixo investimento inicial

Talvez você pense que no momento não tem recursos suficientes para investir ou que apenas grandes empresas podem trabalhar com tráfego pago e obter bons resultados.

Mas, para sua alegria, saiba que você pode começar hoje, mesmo que tenha pouco dinheiro.

- Grandes defeitos

a) Insustentável a médio e longo prazo

Lidar apenas com estratégias de tráfego pago pode comprometer a estrutura da sua empresa e torná-la insustentável no longo prazo.

Esse risco é real, porque se, por algum motivo, você precisar reduzir seus gastos com publicidade, suas vendas e receitas serão afetadas imediatamente.

É por isso que é importante usar o tráfego pago como um dos pilares da sua estratégia digital, não o único. 

b) Dependência financeira

Seguindo a mesma lógica da seção anterior, se você está contando apenas com o tráfego pago, pense no que acontece se a inflação subir ou o preço real cair ainda mais.

Você pode ter que investir mais do que antes para obter os mesmos resultados.

Portanto, entre outras alternativas e estratégias complementares, existe o marketing de conteúdo que você pode ingressar na sua empresa.


Como implementar o tráfego pago em sua estratégia?

Existem muitas das plataformas mais populares para obter tráfego pago. Portanto, depende dos objetivos de sua estratégia. Veja quais são as principais fontes:


Plataformas de tráfego pago

Existem muitas plataformas para anunciar e direcionar o tráfego pago para o seu site, página ou loja online. Você pode até trabalhar com muitas fontes diferentes. Um dos principais pontos a procurar tem a ver com o seu público-alvo e também com a quantidade de informações que você obtém das plataformas.


Com o crescimento da mídia de software, as informações se tornaram mais ricas e precisas. Desta forma, você pode segmentar suas campanhas o máximo possível, garantindo a melhor qualidade de tráfego que você recebe.


As plataformas de mídia automatizadas permitem que você planeje campanhas de muitas fontes diferentes, nos formatos CPC e CPM, incluindo fontes como Google Ads e Facebook Ads.


Outras fontes significativas de tráfego pago incluem anúncios do LinkedIn (que funcionam com B2B), anúncios do tik-tok, anúncios do Twitter, anúncios do Bing, anúncios do Instagram (que fazem parte da plataforma de anúncios do Facebook) e anúncios do Pinterest. Mas o espaço publicitário pode estar disponível em qualquer site, permitindo que as chamadas redes de exibição também ganhem um espaço significativo.


É importante lembrar que existem vários fatores que afetam o tráfego pago. Para atingir seu objetivo, você deve ter uma personalidade bem pensada (o cliente ideal) e compreender sua jornada de compra. Finalmente, teste e ajuste

Tráfego pago no Google ADS

Anunciar no Google é mais comum em mídia paga chamada Google Ads. O mecanismo de pesquisa exibe os resultados na ordem de seu pedido no topo da página, com base na pesquisa do usuário pela palavra-chave pela qual você pagou. Assim, é possível colocar anúncios no próprio motor de busca, em enquetes, bem como em sites parceiros.


Tráfego pago no Facebook

O Facebook é a rede social mais visitada do mundo e oferece boas oportunidades de vendas. Um desses anúncios são aqueles que podem ser direcionados para atingir seu público. Existem muitos formatos de anúncios no Facebook, nos quais você escolhe o formato mais atraente para os usuários que deseja alcançar.


Tráfego pago do Instagram

Os anúncios do Instagram são semelhantes aos anúncios do Facebook. Os meios de comunicação pagos podem ser criados na web para aparecer no feed e até mesmo em artigos. O Instagram tem seguidores regulares que visitam as redes sociais todos os dias.


Assim, as chances de atrair mais usuários por meio de anúncios são maiores. O Instagram Ads é uma ótima ferramenta para promover o que você vende.


Tráfego pago do youtube

Promover sua marca no YouTube é uma boa maneira de atingir seus objetivos. Mesmo com assinantes do YouTube Premium, ainda há muitas pessoas que podem ver seus anúncios. Os formatos também variam, o que pode levar a resultados diferentes em suas campanhas.


Por que investir em tráfego pago

Sem dúvida, o tráfego orgânico tende a ser mais qualificado. e durável. Mas é preciso tempo e muito estudo. A parte técnica é essencial. Mas esta é uma maratona.


O tráfego pago não é tecnicamente exigente, embora haja muitas nuances aqui. Mas pode dar resultados instantâneos. Embora tenha um fator de dispersão, uma campanha bem elaborada pode alcançar muitos resultados. Eu diria que este é um sprint de 100m.


Como funciona o tráfego pago

Existem duas maneiras principais de lidar com o tráfego pago: CPC (custo por clique) e CPM (custo por mil impressões). As plataformas geralmente funcionam com base em preços, mas existem algumas diferenças entre cada um desses métodos:


No sistema CPC, você paga por cada clique em seu anúncio. Este é um bom modelo para quem deseja controlar seu investimento e saber exatamente quanto tráfego trará para o site. Este é o formato mais comum para qualquer pessoa que trabalhe com links de publicidade do Google Ads.

O CPM se concentra em impressões, o número de vezes que as pessoas visualizam seu anúncio. Você é cobrado por cada mil impressões, independentemente de as pessoas clicarem em seu anúncio ou não.

Nenhum modelo é melhor que outro. Tudo vai depender do propósito da campanha, do seu negócio e de sua disposição para investir.



Tráfego pago Quanto custa e como investir em tráfego pago?

O custo de investimento em tráfego varia, pois depende dos preços das plataformas de publicidade. Portanto, idealmente, você deve começar decidindo seu orçamento de tráfego e, em seguida, escolhendo o valor a ser investido em cada rede.


É importante para esta organização saber exatamente quanto e onde investir. Desta forma, seu negócio não será hackeado, seu dinheiro irá para o lugar certo e você terá um bom retorno do investimento.


Por exemplo, no Facebook, você pode começar a investir $ 1 por dia. Em outras palavras, você cria uma estratégia de tráfego pago em torno de 5 riais, mas esse valor pode se tornar muito maior se o lead for convertido.


Tráfego pago Qual é a importância do tráfego pago para as empresas locais?

O tráfego pago é uma estratégia de venda valiosa para o seu negócio local. Você já imaginou que sua marca está sendo anunciada para os moradores locais? As chances de conversão são muito maiores porque a segmentação só pode atingir as pessoas que podem se tornar seus clientes.


Assim, além de serem pessoas interessadas, também estarão por perto, o que indica grandes oportunidades de vendas. No entanto, o anúncio deve ser concebido de forma a atrair a atenção do público certo.


A escolha de imagens, vídeos, texto e formato deve ser clara para o público. Com isso em mente, crie anúncios que transmitam emoção, evoquem um senso de urgência e mostrem que sua empresa é local. Dessa forma, será mais fácil para os usuários seguirem o link e converterem.


Ao anunciar nas plataformas que seu público usa, você pode apresentar sua marca a um grande número de pessoas. Assim, o impacto será maior, mostrando que vale a pena investir no tráfego pago. Portanto, não espere apenas os resultados do tráfego orgânico, comece a criar anúncios e descubra seu potencial!


Como faço para gerar tráfego com anúncios patrocinados?


Para começar a gerar tráfego por meio de anúncios online, você pode seguir estas etapas:

  • Alocar um orçamento para investimento antes mesmo do início do projeto;
  • Considere quem é a sua personalidade, ou seja, o perfil do cliente ideal que vai comprar seu produto ou alugar seus serviços;
  • Criar uma conta na plataforma;
  • Criar seus Anúncios (Criativo)
  • Crie suas primeiras campanhas;

Você precisa aprender o máximo possível para evitar desperdício de investimento e erros críticos ao configurar e criar anúncios.

No início, você pode contar com conteúdo gratuito disponível online, mas lembre-se de que a falta de conhecimento e experiência pode resultar na perda de recursos valiosos, como tempo e dinheiro.











Crédito nas imagens

Gostou do Tráfego Pago - Tudo o que você precisa saber sobre essa ferramenta para multiplicar suas vendas Compartilhe com seus amigos.

Deixe seu comentario

/ / /