Site de ideias criativas

Cérebro ativo! 5 estímulos mentais para você praticar no seu dia a dia


Confira esse Cérebro ativo! 5 estímulos mentais para você praticar no seu dia a dia para fazer em casa



 Cérebro ativo! 5 estímulos mentais para você praticar no seu dia a dia



O cérebro é o órgão mais importante do sistema nervoso porque controla todo o corpo. É fundamental mantê-lo saudável!



Praticar exercícios para o corpo é fundamental para a saúde. O cérebro é como qualquer outro músculo e também precisa de exercícios para se manter ativo e saudável. Alguns incentivos podem ajudar. Destacamos 5 deles para que você os conheça e os coloque em prática. Verificado!


Entendendo o cérebro

Segundo estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), existem 86 bilhões de neurônios no cérebro humano. Para funcionar corretamente, os neurônios precisam interagir uns com os outros. Essas interações são chamadas de sinapses.


Todos os dias, recebemos estímulos do meio ambiente que apelam para diferentes áreas do nosso cérebro e contribuem para a formação de novas sinapses. É por meio dessas sinapses que os neurônios transmitem informações a todas as partes do corpo e controlam suas funções.


Com o passar dos anos, a capacidade de formar novas sinapses limita-se aos neurônios e, se não forem estimulados, podem perder as que já se formaram. Além disso, as atividades de rotina reduzem automaticamente o esforço intelectual e, portanto, limitam a função cerebral.


Você já percebeu que as crianças desta geração aprendem tudo mais rápido? Isso se deve não só à estimulação do meio ambiente e à comunicação com as novas tecnologias desde a mais tenra idade, mas também ao cérebro, que desde cedo consegue aprender e lembrar cada vez mais rápido devido à sua flexibilidade e flexibilidade.


Décadas atrás, os cientistas argumentaram que o cérebro perdeu essa capacidade com o tempo, a partir dos 25 anos. Portanto, o endurecimento ocorrerá em cerca de 30 anos. No entanto, estudos recentes têm apresentado uma tese com algumas características. Embora seja um processo natural, é possível mudar a atividade cerebral e reduzir o processo de envelhecimento com algumas dicas e manter o cérebro ativo.


Novos objetivos

Começamos a desenvolver vias neurais no útero. Como são usados ​​várias vezes ao longo da vida, essas vias acabam sendo danificadas. Isso ocorre porque nosso cérebro, de acordo com os cientistas, é naturalmente preguiçoso e sempre escolhe o caminho de energia mais eficiente.


Mas com algumas atividades estimulantes, fomos capazes de abrir outras oportunidades. Este processo inspira e transforma seus pensamentos e ações, aumenta a criatividade, coordenação e muito mais!


Primeiro, você precisa estimular as áreas do cérebro que não são totalmente exploradas. Esta tarefa é bastante difícil e enfadonha, mas para a nossa “caixa” é necessário desenvolver neurônios fortes que se conectem com outros, formem novos caminhos e caminhos.


Existem várias opções para isso: aprender um novo idioma, dançar ou um instrumento musical, começar a fazer artesanato, resolver problemas de matemática e jogar xadrez. Faça o que você nunca fez antes e tente ser o melhor. O mais difícil é o melhor.


Mais atores

Depois de escolher uma tarefa, pratique todos os dias. Alcançar seus objetivos exige motivação, dedicação, foco e autocontrole. E o mais importante: não desista! A repetição é ótima para novas vias neurais porque, à medida que começam a crescer, são frágeis e precisam de prática constante para se firmar. Ou seja, faça da sua atividade um padrão, crie novos hábitos. Obrigado cérebro!


Curando o cérebro

Seu cérebro não precisa apenas de procedimentos funcionais e complexos, mas também de um bom lugar para começar a se adaptar às mudanças. Sem isso, o treinamento não funcionará. Isso porque, como explicamos anteriormente, em vez de seguir outros caminhos, o membro se inclinará para o que lhe é mais familiar.


Para evitar que isso aconteça, é imprescindível que sua saúde física esteja em dia, pois para funcionar bem, ela absorve uma grande quantidade de nutrientes do seu corpo. Isso irá direcionar mais recursos através do sangue para as áreas onde você concentra sua atenção.


Ao fazer esses exercícios, você não só pode aumentar sua força de concentração, mas também aumentar seu julgamento, coordenação e criatividade, reduzindo assim a probabilidade de desenvolver algumas das doenças neurodegenerativas que podem ocorrer com a idade, como a doença de Alzheimer. Portanto, não mova apenas seu corpo, mas mova sua mente também!


Portanto, treinar essa parte do corpo é essencial!


Mente ativa! 5 gatilhos mentais para praticar


Coloque em prática!

Quanto mais trabalhamos com nosso cérebro, mais lentamente ele perde neurônios. Estimulantes e problemas mentais também ajudam a prevenir a doença de Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas.


Faça na prática:


Leitura

Ler, além de ser um ótimo exercício para o cérebro, estimula a memória, fortalece a mente e é uma das atividades cerebrais mais gratificantes. Algumas áreas são ativadas quando lemos e mais áreas são ativadas quando nos concentramos. Portanto, leia jornais, revistas ou livros. No entanto, lembre-se de que quanto mais difícil for o texto, mais treinamento você dará ao seu cérebro.


Resolva palavras cruzadas e colecione quebra-cabeças

Reserve um tempo regularmente ao longo do dia para fazer palavras cruzadas ou quebra-cabeças. Ambos podem ajudar a impulsionar o desempenho do seu cérebro e ativar duas áreas: fala e memória verbal.


Escrever

Escrever incentiva o pensamento. No entanto, hoje usamos mais mensagens de voz e vídeo do que escrevemos. Para manter esse hábito, você pode manter um caderno do que aprendeu em livros, lições e filmes, ou escrever sobre o que está acontecendo com você. Seja criativo para manter sua escrita ativa em sua vida diária!


Ouvir música

A música pode melhorar a cognição geral! Pesquisas mostram que ouvir música pode ter efeitos terapêuticos e estimular diferentes áreas do cérebro. Na verdade, a memória musical costuma ser a última a desaparecer quando vivenciamos certas condições, como a demência.


Teste-se

Faça pequenas tarefas com você, por exemplo: escovar os dentes com a mão não dominante, fazer tarefas com os olhos fechados (tomar banho ou trocar de roupa), mover o mouse sobre a mesa, tentar memorizar a lista de mercados, entre outros.


Cuidado com o excesso de estímulo!

Uma equipe do Instituto de Física de San Carlos apresentou uma nova proposta para as funções neural e cerebral. Usando a teoria das redes complexas, que é uma das técnicas matemáticas pelas quais se busca uma visão abrangente dos fenômenos naturais, existem outras formas de explicar a origem de alguns tipos de retardo mental, que, desse ponto de vista, não podem ser. o resultado de uma falta de conexões (surgindo entre as células nervosas) .. como esperado, mas devido ao seu excesso. Esse excesso atrapalha o fluxo de informações e pode ser prejudicial. Portanto, o equilíbrio dos estímulos é importante!


Para saber mais sobre isso, não deixe de conferir a pesquisa!


Saúde do cérebro em dia.

Cuidar de nossa mente deve ser uma coisa diária, especialmente se você estiver procurando por um corpo perfeitamente saudável. Mesmo em um hospital, você pode contar com neurologistas disponíveis!











Crédito nas imagens

Gostou do Cérebro ativo! 5 estímulos mentais para você praticar no seu dia a dia Compartilhe com seus amigos.

Deixe seu comentario

/ / /