Site de ideias criativas

Gatilhos mentais: Descubra o que são e como eles podem te ajudar a vender mais


Confira esse Gatilhos mentais: Descubra o que são e como eles podem te ajudar a vender mais para fazer em casa



Gatilhos mentais:  Descubra o que são e como eles podem te ajudar a vender mais

Gatilhos-mentais-vender-mais-atrair-clientes


Você sabe o que é um gatilho mental? Se a resposta for não ou mais ou menos então continue lendo para aprender mais sobre gatilhos mentais e como palavras simples podem mudar seu curso de ação de uma pessoa. Entenda e aprenda como aplicá-los em suas estratégias para obter resultados surpreendentes.



Todos os dias, tomamos inúmeras decisões - desde escolher o que vestir antes de ir para o trabalho até a melhor forma de investir no dinheiro economizado. Na verdade, tudo o que optamos por não fazer são as decisões que temos de tomar.


Todos eles se baseiam em uma série de aspectos relacionados a expectativas, humor, formação cultural e muitas outras coisas que despertam o clique em cada pessoa para escolher entre as opções A ou B.


Essas decisões estão diretamente relacionadas ao consumo, portanto, entender o que leva as pessoas a tomar certas decisões é fundamental ao vender.


O que são gatilhos mentais?

Em suma, os gatilhos mentais são decisões que o cérebro toma com base no piloto automático. Como se ele filtrasse qualquer decisão que requeira mais atenção, e qualquer outra decisão que ele tomará automaticamente, sem hesitação.


Em outras palavras, os gatilhos mentais são as ferramentas de tomada de decisão em nosso cérebro e, na perspectiva de quem os utiliza, é muito importante saber aplicá-los.


Como funcionam os gatilhos mentais e como eles podem aumentar suas vendas?

O cérebro humano influencia todos os processos de tomada de decisão, e isso acontece mesmo quando não está relacionado a uma necessidade real. Mas, na verdade, a necessidade surge em certas circunstâncias.


A partir desse comportamento, que é ativado por gatilhos mentais, muitas empresas criam suas próprias campanhas ou promoções. As pessoas são encorajadas a comprar com estímulos, o que não teria acontecido se nossos cérebros não tivessem recebido um estímulo externo que os estimulasse.


Os 7 melhores gatilhos mentais para usar em seu trabalho

Gatilho mental da escassez.

Eles são um dos estímulos mais poderosos e conhecidos da humanidade, e já sabíamos disso antes mesmo de falarmos sobre gatilhos. Quem entre nós nunca ouviu a frase “Tive que perder para dar valor”?


A mesma lógica se aplica aos negócios: as pessoas valorizam o que mais lhes falta. Isso ocorre porque o subconsciente tende a associar que quanto mais difícil é obter algo, mais valioso ele é.


Assim, qualquer empresa pode aumentar as suas vendas, por exemplo, definindo um prazo para efetuar uma compra ou definindo um número limitado de produtos à venda. 

Exemplo: 

  • Últimas 7 unidades 
  • Promoção até às 24 hrs do dia x
  • Restam apenas 3 vagas



Gatilho mental da autoridade

Este gatilho mental deve ser usado com cautela, mesmo que seja incrível, pode prejudicar o seu negócio se for mal utilizado. Autoridade denota respeito e conhecimento de um determinado assunto, e já estamos acostumados a lidar com esse número, seja na família, na escola ou no trabalho.


Uma maneira de usar o gatilho mental da autoridade é alguém ou uma empresa demonstrar conhecimento e dar ao público confiança suficiente para que seja um ponto de referência. Isso ajuda na tomada de decisão, pois o cliente se sente mais confortável comprando o que gosta.


Gatilho mental da urgência

O gatilho mental da urgência é semelhante à falta, mas está diretamente relacionado ao tempo. Funciona tão bem porque cria uma sensação muito desconfortável para a pessoa de que não há escolha.


O cérebro acredita que ao ver o prazo é melhor agir o mais rápido possível do que perder a oportunidade, já que não gostamos de nos sentir desamparados, agimos o mais rápido possível.


Gatilho mental da reciprocidade

A tendência de retribuir o que nos aconteceu é natural, mas só ocorre quando entendemos que a ação é algo espontâneo. Portanto, se você deseja gerar resultados em suas campanhas, crie ações que beneficiem outras pessoas, não você.


Assim como acontece com o inbound marketing, esse gatilho mental da reciprocidade está muito alinhado com essa estratégia, porque para reduzir o lead no funil de vendas, você fornece conteúdo que interessa a eles. Automaticamente, após curtir o conteúdo, é muito provável que execute as ações solicitadas pela empresa.


Gatilho mental da novidade

Todo mundo adora algo novo, quando encontramos algo novo, o nível de dopamina, o neurotransmissor responsável pelo prazer, aumenta em nossos corpos. Em geral, o familiar é relaxante e o novo nos tira da zona de conforto.


Este gatilho mental da novidade pode ser usado ao atualizar um produto ou serviço, mostrando como ele pode ser melhorado e como pode se tornar mais eficaz após a atualização. As notícias devem ser claras e boas o suficiente para mostrar que a nova versão é melhor que a anterior.


Gatilho mental da Prova social

O ser humano é um ser totalmente social, seus relacionamentos são baseados no outro, assim como a necessidade avassaladora de pertencer a um grupo que nos define como indivíduos.


Esse catalisador é incrível e funciona diretamente para bloquear o sentimento que às vezes afasta as pessoas de vender, ou seja, o medo. As pessoas se sentem mais confortáveis ​​ao ver as avaliações do produto que procuram. Afinal, se muitas pessoas o elogiam, ele é bom.


Assim, a prova social em nosso cérebro serve como confirmação de que algo é bom ou ruim, simplesmente porque muitas pessoas como nós estão falando sobre um determinado tópico.


Gatilho mental da antecipação

Esse gatilho desperta as expectativas das pessoas, e um grande exemplo disso são os trailers de filmes que vemos nos cinema que veiculam rapidamente as melhores partes, mexem com emoções e, com isso, causam ansiedade, uma espectativa.


Em um contexto mais comercial, a empresa pode preparar um cenário positivo, direcionando o cliente para um novo produto a ser lançado.


Quando a estratégia é bem planejada e executada, as pessoas são atraídas para a oferta, mesmo que não precisem fazer uma compra no momento.


Os gatilhos mentais são ferramentas poderosas, mas devem ser usados ​​corretamente e com um plano. Considerando sua empresa ou produto principal, qual desses gatilhos mentais você usaria para aumentar as vendas?











Crédito nas imagens

Gostou do Gatilhos mentais: Descubra o que são e como eles podem te ajudar a vender mais Compartilhe com seus amigos.

Deixe seu comentario

/ / /