Como vender pela internet: um guia para iniciantes - Ver e Fazer

Site de ideias criativas



Como vender pela internet: um guia para iniciantes


Confira esse Como vender pela internet: um guia para iniciantes para fazer em casa

 Como vender online: um guia para iniciantes



O mercado de comércio eletrônico oferece enormes oportunidades para uma variedade de pessoas e está prosperando. E com tanto potencial, este é o momento perfeito para começar uma nova loja online. Ou até mesmo trabalhando para criar uma presença digital para uma organização existente. Mas está tudo bem, pelo menos no começo, se sentir perdido e não saber vender online.




No final, essas são algumas etapas. Por exemplo, você precisará escolher um setor, pensar no nome da empresa, determinar o público-alvo e, possivelmente, contratar uma agência. Além, é claro, de muitos outros detalhes.


À primeira vista, tudo isso pode parecer confuso. No entanto, vale ressaltar o forte crescimento e nenhum sinal de desaceleração do crescimento do e-commerce. O setor de e-commerce cresceu 387% nos últimos 10 anos, de acordo com um estudo realizado por WebShoppers pela E-bit, que é considerado o principal critério para a avaliação e-commerce reputação.


Isso indica que é hora de aprender a vender online. Portanto, se você está interessado em comercializar um produto ou serviço na Internet, mas não sabe por onde começar, você veio ao lugar certo! Este guia mostrará por onde começar e como fazer da maneira certa.


Como vender online: o que você precisa antes de começar

O comércio eletrônico oferece ótimas oportunidades para qualquer pessoa com uma conexão à Internet. Mas vender online não significa apenas, também deve significar profissionalismo, seja você um empresário iniciante ou um veterano na área. No entanto, em vez de sujar as mãos primeiro, existem algumas coisas que você precisa saber ou considerar primeiro:


Existem muitas oportunidades de crescimento

Em geral, os empreendedores precisam se curvar para continuar aumentando suas vendas. Embora você possa ter os melhores produtos em estoque, encontrar novos clientes e permanecer fiel ao seu negócio pode ser difícil.


Isso é especialmente verdadeiro quando você considera a mudança de pessoas para uma instalação física e os custos associados a isso. Mas a capacidade de vender online pode resolver esse problema quase imediatamente.


De acordo com o Sebrae, o Brasil é líder em e-commerce na América Latina, ocupando o primeiro lugar em participação nas compras de e-commerce. E esses números tendem a crescer, o que significa que há muitos clientes em potencial.


Vantagens e desvantagens de vender online

Antes de começar a investir dinheiro e mais tempo em um negócio online, você precisa ter certeza de que esta é a opção certa para você. Portanto, você deve estar ciente das desvantagens e vantagens de vender online para que possa avaliar os dois lados da moeda e tomar uma decisão informada.


Descubra como reduzir o abandono do carrinho de compras do seu site

Vantagens e desvantagens de vender online


Positivos

Trabalhar em casa de pijama é definitivamente um grande trunfo para quem deseja iniciar um negócio digital. No entanto, existem muitos motivos surpreendentes para iniciar seu próprio negócio de comércio eletrônico:


Defina o seu tempo e escolha os seus objetivos de negócio: pode decidir quando trabalhar e quando fazer uma pausa durante o dia; Se você deseja ganhar algum dinheiro extra para economizar dinheiro ou construir um verdadeiro império online. Esta é sua escolha!

Solução de nicho de mercado: Todos falam sobre a importância de trabalhar com o que gostam, certo? Esta é uma das vantagens de começar um negócio online. Você pode perseguir seus interesses e vender o que realmente gosta. Por exemplo, se você é apaixonado por moda, que tal começar a pensar em como vender roupas online? Se você já é louco por doces, por que não investir em marketing de chocolate? As possibilidades são infinitas!

Não é tão sério: abrir uma loja física pode ser muito mais difícil do que uma loja online. Além disso, vender online significa que você não precisa investir muito dinheiro ao começar. Sem falar que você não precisa se preocupar em comprar ou alugar um imóvel. Na prática, isso significa que quase todos podem tentar.

Ter ou não estoque: Essa outra decisão é inteiramente sua. Então, por exemplo, se você decidir trabalhar com dropshipping, não precisa se preocupar com espaço de armazenamento.

Negativos

Como tudo na vida, vender online também pode ter algumas desvantagens. Por isso é importante estar atento a eles para ter expectativas realistas e não ficar chateado depois.


Veja o que e visual-storytelling para seu negócio

Leva tempo: pode levar um ou dois meses, às vezes mais, para começar a obter resultados consistentes. É altamente improvável que você acumule muitas vendas antes do tempo.

Há uma curva de aprendizado: sempre há novidades na internet, principalmente quando se trata de marketing digital. Por isso, é interessante ter uma agência de marketing que possa sempre melhorar seu jogo regularmente, com especialistas que estão sempre aprendendo e sempre por dentro.

Múltiplos papéis: um amigo ou membro da família pode ajudá-lo, mas você definitivamente terá que assumir vários papéis, pelo menos em algum momento. Isso também significa que você deve ser totalmente responsável.

Vários modelos de negócios

Muitos modelos de negócios diferentes devem ser considerados. Cada um tem suas próprias vantagens, por isso é importante dar uma olhada mais de perto para determinar qual modelo é o melhor para você. Isso é importante para quem deseja saber como começar a vender online.


modelos básicos:


Dropshipping: Tem um investimento inicial muito baixo e, portanto, geralmente é a principal escolha para muitas pessoas que desejam começar a vender online. Essencialmente, o dropshipping significa que você não precisa fazer grandes pedidos ou acumular estoque em excesso. Tudo o que você precisa fazer é decidir o que vai vender, encontrar um vendedor que ofereça esse serviço e começar a vender. Assim, o fornecedor assumirá a maior parte do trabalho árduo, cuja principal tarefa é literalmente fazer vendas.

Compra de atacadistas ou diretamente do fabricante: Este modelo de negócio também é amplamente utilizado em lojas físicas e virtuais. Para isso, basta encontrar um atacadista confiável ou entrar em contato com o fabricante do produto que deseja vender diretamente e comprá-lo a granel. Assim, você pode negociar o custo, fazer uma compra com o melhor preço e depois revender e lucrar.

Crie e venda seus próprios produtos: se você é criativo, artístico e tem habilidades diferentes, uma opção é criar seus próprios produtos para vender online. Se você costurar bem, fazer crochê, cozinhar de acordo com receitas maravilhosas, construir móveis de madeira, desenvolver novas tecnologias, não importa, haverá mercado para suas criações. Na prática, o investimento financeiro inicial não é tão importante, mas é importante considerar que você terá que investir seu tempo na produção.

Como começar a vender online


Descubra porque uma agência de marketing digital é importante para seu negócio o online


Como você começa a vender online?

Para aqueles que estão apenas começando, descobrir como vender online pode ser opressor. Esperamos poder ajudá-lo a descobrir como vencer a desordem e iniciar seu negócio online. Confira algumas das dicas abaixo e aprenda como começar a vender online:


Passo a passo para começar a vender online

Antes de começar a configurar sua loja online, certifique-se de concluir as seguintes etapas:


Seleção de produto

Só porque você sonha em abrir uma loja online não significa que já tenha tomado uma decisão sobre o que deseja vender. Afinal, existem muitos campos diferentes e uma grande variedade de oportunidades disponíveis. Talvez você tenha interesses diferentes ou esteja procurando um setor que ofereça uma certa taxa de retorno.


De qualquer forma, decidir o que vender online é uma das etapas mais importantes de todo o processo. Isso ocorre porque a escolha afetará a demanda, o preço, a lucratividade, a competição de mercado, as vendas e o marketing do seu produto.


Para ajudá-lo a tomar essa decisão, você pode seguir algumas dicas:


identificar ou criar produtos que resolvam um problema;

Encontre produtos de que você e outras pessoas gostem;

Insira as instruções desde o início;

identificar oportunidades de trabalho em qualquer local;

Pense no lucro que você pode obter;

Lembre-se de coisas como frete, embalagem e outras taxas;

Verifique se há demanda para o produto;

Estude a competição e descubra se a competição neste campo é muito forte.

Depois de selecionar seus produtos, você pode começar a se comunicar com os fornecedores para concordar com os valores.


Escolha de plataforma, métodos de pagamento e métodos de entrega

A plataforma de comércio eletrônico certa pode ajudar a melhorar seus resultados ou até mesmo quebrar sua loja online. Existem muitas oportunidades no mercado com diferentes ofertas. Portanto, reserve um tempo para explorar as plataformas que você está considerando, em vez de apenas escolher uma ao acaso. Certifique-se de escolher um que tenha tudo de que você precisa para tornar sua loja online um sucesso.


Algumas pessoas escolhem seus próprios sites e plataformas de e-commerce, que geralmente são construídos com WooCommerce, um plugin do WordPress. Outros preferem abrir pequenas lojas primeiro, tentar vender nas redes sociais e até aprender como vender no Instagram ou Facebook.


Enfim, depende muito de planejamento e metas. Mas tenha em mente que as plataformas de comércio eletrônico são a espinha dorsal de qualquer negócio de varejo online e devem fornecer todos os recursos de que você precisa para iniciar, dimensionar e gerenciar seu negócio digital.


Passo a passo para as primeiras vendas

Criar um negócio online requer planejamento e nem sempre é fácil, mas é possível! O problema é: como você atrai clientes e faz suas primeiras vendas? Confira algumas dicas abaixo:


Passo a passo para as primeiras vendas


Invista em seu domínio e site

Seu domínio ou URL é o endereço da web que um cliente insere no navegador para visitar seu site. É uma boa ideia nomear sua empresa e escolher um nome de domínio ao mesmo tempo. Porém, vale destacar a importância de investir em um bom negócio de rótulos e marcas para construir uma marca forte e bem planejada.


Desta forma, você poderá escolher um nome que reflita o seu negócio e evitar problemas como escolher um nome de empresa que já está registrado ou não funciona como um nome de domínio.


Se você escolher uma plataforma de venda online que forneça seu URL, você pode verificar se pode redirecionar para o domínio que contratou. Mesmo escolhendo uma plataforma com muitas ferramentas e uma interface intuitiva, é muito fácil construir um bom site. Mas é claro que você ainda precisará investir para trabalhar para melhorá-lo.


Se você decidir começar a vender nas redes sociais, por exemplo, criando uma loja no Instagram, não há problema. No entanto, lembre-se de que é importante ter um site, principalmente para construir mais credibilidade. Dessa forma, os clientes em potencial confiarão mais em sua marca e em seu produto.


Contrate uma agência para criar um plano de marketing

Quer saber como vender online? É tudo uma questão de marketing. Assim, você desejará ter as melhores estratégias de marketing online à sua disposição. Portanto, o ideal é encontrar uma agência especializada no assunto.


Isso é muito importante porque a Internet está em constante mudança, assim como o consumidor. Portanto, ter profissionais dedicados e dedicados ao seu marketing de e-commerce significa que você terá mais chances de obter resultados tangíveis e melhorar o desempenho do seu negócio.


Além disso, também é importante ajudá-lo a medir o sucesso de seu investimento em marketing digital. Assim, para você saber no que deve continuar investindo e o que não é lucrativo para o seu segmento, os especialistas em SEO, tráfego pago, etc. avaliarão os resultados e fornecerão relatórios completos.


Portanto, lembre-se de que contratar uma agência de marketing não é apenas uma despesa! Ao contrário, é um investimento na criação de um plano de negócios customizado para seu produto e empresa que pode trazer muitos resultados que vão além da métrica, ou seja, aumentar suas vendas.


No entanto, algumas das estratégias que a agência pode desenvolver são:


desenvolvimento de estilo visual, logotipo, cartão de visita e papelaria;

desenvolvimento de site bem organizado;

Construa um blog e invista na mídia social de sua marca para criar conteúdo valioso;

Otimizando seu site para exibição nas principais páginas dos buscadores;

Invista em publicidade social para alcançar mais pessoas, combinando mídia paga com seus resultados orgânicos.

Contrate uma agência para criar um plano de marketing


Agora, que tal começar a vender online?

O comércio eletrônico é uma ótima maneira de ganhar dinheiro extra online e, potencialmente, gerar receitas recorrentes. Também lhe dá a liberdade de ser você mesmo, fazendo o que realmente ama. Porém, não se esqueça da importância do marketing digital. Obviamente, estratégias bem planejadas o ajudarão a alcançar e se beneficiar de seus resultados.


Agora que você conhece as etapas básicas de como vender on-line e a importância do marketing digital, pode pensar melhor se isso é certo para você e sua empresa. Portanto, tomar uma decisão confiante pode trazer bons lucros





Gostou do Como vender pela internet: um guia para iniciantes Compartilhe com seus amigos.

Deixe seu comentario

/ / /