Como Investir em Ações na Bolsa de Valores: Guia Definitivo - Ver e Fazer

Site de ideias criativas



Como Investir em Ações na Bolsa de Valores: Guia Definitivo


Confira esse Como Investir em Ações na Bolsa de Valores: Guia Definitivo para fazer em casa

 Como Investir em Ações na Bolsa de Valores: Guia Definitivo

Aprenda como investir no mercado de ações e aumentar sua receita financeira



uma introdução

Numa época em que grande parte da população estava ocupada em buscar novas fontes de renda, muitos brasileiros se interessaram em como investir em ações.


Como investir em ações na bolsa de valores: um guia completo

 Educação Financeira / Como Investir em Ações: Um Guia Completo

 


Em 2020, apesar da crise e de toda a volatilidade do mercado, a bolsa brasileira subiu 92% segundo o B3. Isso confirma como cada vez mais pessoas buscam aumentar seu capital e aumentar sua receita financeira.


Ao contrário do que alguns imaginam, investir em bolsa não é tão difícil, requer apenas estudo e dedicação. Se você gostaria de saber como investir em ações, continue lendo este artigo com atenção.


O que são verbos?

As ações são uma pequena parte de uma empresa e são títulos e podem ser chamados de títulos. Dependendo da quantidade de ações adquiridas, o investidor pode obter grande parte do lucro com os lucros (por exemplo, dividendos) e um aumento no valor das próprias ações.


Quando uma empresa decide expandir seus negócios, ela tem uma opção - tornar-se uma companhia aberta, dessa forma, ela faz ações e recebe em troca recursos para investir em sua expansão e aumentar seu valor de mercado.


Depois que a empresa oferece suas ações na bolsa de valores, qualquer investidor listado pode comprar essas ações e se tornar um acionista da empresa.


Como investir em ações: descubra quais tipos de ações estão disponíveis

Como investir em ações - notebook com home broker


Muita gente pensa que só existe um tipo de ação em bolsa, mas acontece que as ações B3 estão divididas em grupos, e cada um tem características, vantagens e riscos próprios. Veja abaixo 6 grupos de trabalho:


Estoque comum (operacional)

Ao investidor que adquire ações ordinárias é garantido o direito de voto e de participação ativa nas decisões da empresa. Como regra geral, essa participação difere em função da quantidade de ações que o investidor possui, assim, quem tiver mais ações, maiores as chances de influenciar a empresa.


Ações Preferenciais (PN)

As ações preferenciais não conferem ao investidor o direito de voto, mas a quem compra esse tipo de ações é garantida a preferência na distribuição dos dividendos.


Ações de ações

Quem compra as ações está, na verdade, comprando um lote misto de ações, ou seja, um pacote com diversos ativos, podendo até ser composto por ações ordinárias e preferenciais.


Ações da Blue Chip

Blue chips são ações de empresas que têm negócios fortes e risco relativamente baixo em seus mercados, o que resulta em preços menos voláteis no mercado financeiro.


Ações intermediárias

Por outro lado, as médias empresas são ações de médias empresas, podendo, neste caso, transitar entre épocas de maior ou menor liquidez.


Ações em minúsculas

As ações de pequena capitalização representam pequenas empresas. A liquidez dessas ações costuma ser baixa, mas, como costumam ser mais baratas, podem, em última instância, atingir maior lucratividade.


Como funciona o mercado de ações da bolsa de valores

Como investir em ações - Gráfico de ações


O objetivo principal da troca é garantir a ordem no mercado financeiro e garantir que as empresas que desejam ingressar na bolsa recebam essas ações e que os investidores que as adquiriram respeitem os seus direitos.


Desde o seu início, o sistema de drenagem passou por algumas modificações. Antes todas as negociações eram feitas por meio de pregão em tempo real, agora todo o processo é feito online e, como resultado, o leilão é eletrônico.


A bolsa digital é negociada por meio de home broker, o que proporciona maior segurança e confiabilidade para quem deseja negociar na bolsa.


Quanto eu preciso para começar a investir em ações

Atualmente existem diversos produtos que um investidor pode escolher e diversificar seus investimentos de acordo com seu capital e expectativas de prazo, renda e perfil do investidor.


Podemos até dizer que é possível investir em renda variável em bolsa com pouco dinheiro. Como o contrato mínimo para negociação em bolsa é de 100 ações, encontramos boas empresas com valor unitário de R $ 15,00, talvez R $ 1.500,00, ações em nosso portfólio.


Acontece, infelizmente, que algumas pessoas que começam a investir com pouco capital, dependendo do tipo de investimento, acabam ficando muito vulneráveis ​​no mercado e podem ter uma experiência ruim de investimento.


Portanto, é importante saber e saber onde o seu dinheiro está sendo investido, quais são os custos, quais são as condições e principalmente qual é o retorno esperado. Com efeito, além do valor que será aplicado, também é necessário levar em consideração a comissão cobrada pela corretora.


Como escolher um corretor

Como investir em ações - Uma mulher que estuda computadores


Escolher um corretor para atuar como corretor para suas operações na bolsa é uma decisão que requer uma análise muito cuidadosa e, em última análise, pode afetar completamente o sucesso de suas operações.


Ao avaliar corretores, considere os seguintes fatores:


Encontre corretores CVM

Esteja ciente das taxas cobradas

Esse é um fator que costuma influenciar muito a escolha da corretora, é claro, todo mundo que investe quer ter o mínimo impacto nos lucros. Uma opção é avaliar as taxas isentas de impostos e obrigatórias, e geralmente as taxas isentas geralmente incluem o seguinte:

Taxa de abertura de conta

Taxas de armazenamento de conta;

Comissão para transferências entre contas;

Taxa de depósito do Tesouro Direto (geralmente não cobrada, mas deve ser paga uma taxa de armazenamento B3 obrigatória de 0,25% ao ano);

Taxas de aplicação em produtos de renda fixa, como CDB, LCI / LCA e obrigações de dívida

Comitê de Investimentos em Fundos de Investimento.

Taxa de depósito do ETF.

Verifique a reputação do corretor

Monitore a diversidade de investimentos

Entenda como funciona um home broker

Avaliação da flexibilidade do serviço

Preste atenção aos termos de suporte ao cliente.

Como investir em ações: passo a passo

1. Selecione um corretor e abra uma conta.

Conforme mencionado, você precisa de um intermediário para mediar as operações. Existem muitas corretoras no mercado com serviços e condições diferenciadas, e o investidor deve analisar as melhores corretoras para o seu perfil.


Aqui estão algumas opções de corretor:


Rama.

Eisenvest

Investimentos XP;

Toro Investment;

Modalemias

2. Transferência de fundos para a conta do corretor.

Após a abertura da conta, é necessário efetuar a transferência de fundos, que serão creditados na conta da corretora;


3. Defina seus objetivos

Com base no seu perfil e capital, defina metas e objetivos a serem alcançados;


4. Abra a página inicial do corretor

Abrir o sistema em que ocorrem as negociações;


5. Escolha suas ações.

Coloque sua estratégia em prática;


6. Faça seu pedido e acompanhe a compra.

 Execute suas operações e acompanhe o desempenho.


7. Observe o mercado

Aprenda como investir no mercado de ações e aumentar sua receita financeira

conclusão

Seja para um investidor iniciante ou mais experiente, o mercado de ações é uma ótima opção, pois você pode garantir bons retornos com ações em bolsa.


É importante lembrar que para o sucesso operacional é importante que o investidor escolha os investimentos que mais se adequam ao seu perfil e objetivos.





Gostou do Como Investir em Ações na Bolsa de Valores: Guia Definitivo Compartilhe com seus amigos.

Deixe seu comentario

/ / /