Google drive cheio Como resolver.







O que é melhor: permanecer artesão ou investir na carreira de designer?





O que é melhor: permanecer artesão ou investir na carreira de designer?



Não há uma resposta fechada para a pergunta acima. Ambas as profissões tratam de algo que exige uma habilidade nem sempre comum a todas as pessoas: a criatividade. Ser artesão é um talento inato do indivíduo, que usa seu poder criativo para criar as peças. Embora não haja um diploma universitário para se formar nessa profissão, você pode encontrar cursos que ensinam teorias e técnicas para desenvolver peças únicas. Estamos falando, por exemplo, sobre o ciclo de design.



Isso porque o designer, por outro lado, é uma profissão regulamentada por lei. Assim, poderá encontrar cursos de ensino superior e assim obter o tão esperado diploma e entrar no mercado de trabalho com formação na área do design. Embora haja essa diferença entre essas duas profissões, elas têm muito em comum, que é a capacidade de ser criativo.


Se você é um artesão e está interessado em obter um diploma de ensino superior, considere se o design não tem nada a ver com o que você faz. Existem muitas instituições de qualidade que oferecem cursos de design, como a Estácio e a FMU.


Veja abaixo mais detalhes sobre essas duas áreas e se você é um designer que pode se tornar um artesão ou vice-versa.


ENEM. Bolsa de estudo

Você sabia que pode ganhar até 60% de bolsa em todo o curso da Estácio com a graduação do ENEM nos últimos 5 anos? Verifique o valor da sua bolsa e economize na formatura!





Conteúdo

  • O que o artesão faz?
  • Tipos de artesãos
  • O que torna o designer
  • Onde você estuda para se tornar um designer e manter o artesanato dos artesãos
  • Por que você está procurando um diploma?
  • conclusão

O que faz o artesão?

Artesão é o profissional que usa o poder da criatividade para trabalhar qualquer produto feito com suas próprias mãos. O processo de fabricação é completamente diferente do processo industrial. Porque o seu nível de produção é em pequena escala e as suas peças ou objectos criados são únicos, de carácter funcional ou decorativo.


O artesanato está intimamente relacionado com a cultura, seja local ou não. Hoje em dia e com a grande importância da indústria para a economia, esse tipo de atividade nem sempre é percebido pela maioria das pessoas nos grandes centros urbanos. Com a vida cada vez mais agitada, muitas pessoas passam pelas barracas de artesanato sem nem perceber.


Em suma, artesão é aquele que faz as coisas por meio de operações manuais ou com a ajuda de algumas ferramentas. Deve-se destacar que muitos desses profissionais encontram nesta atividade uma forma alternativa de garantir renda para se sustentar ou para cobrir despesas de casa ou faculdade, etc.


Tipos de artesãos

Ao considerar a forma de produção dos trabalhadores do artesanato, podem ser encontrados os seguintes aspectos:


Artesão artista: Muito hábil em objetos decorativos e artísticos. Ele usa sua criatividade para criar obras originais. Nesta área você pode encontrar pintores, escultores, facões, gravadores e outros.

 

Artesão artesão: alguém que trabalha com coisas em uma string. É muito comum nas atividades de oleiros e carpinteiros, por exemplo. Para fazer este trabalho, o artesão usa ferramentas ou mecanismos primitivos para fazer as peças.


Artesão semi-industrial: aquele que usa moldes ou formas para fazer as peças. A partir de um modelo, faça uma escala maior para os mesmos objetos. É muito procurado por quem faz bijuterias, tigelas, vasos, canecas, camisetas, etc.


Portanto, a força de atuação do artesão pode ser bastante diversa, incluindo uma grande possibilidade de trabalho.



O que torna o designer

Surpreendentemente, o campo de trabalho de um designer é tão grande quanto o de um artesão. A diferença é que o trabalho desse profissional é mais voltado para a indústria.

Este profissional é responsável por criar, aperfeiçoar, configurar, conceituar ou desenvolver projetos a serem produzidos na indústria, padronizados e em escala.


O trabalho desse profissional consiste em estratégia, tecnologia e criatividade para apoiar seu trabalho. Este campo é tão diverso que é impossível listar todos, mas você pode encontrar experiência nas seguintes atividades:

  • design de Comunicação;
  • design estratégico
  • design gráfico;
  • design de joias
  • Design de mobília;
  • design de interiores;
  • Design exterior;
  • design de produto;
  • design moderno

Um designer deve ser tão criativo no que faz como um artesão. Porque sem o poder da imaginação, é impossível se destacar neste campo e ser reconhecido pela originalidade.


Portanto, se você tiver uma mente criativa, o design pode ser um campo muito interessante e uma carreira em potencial para você.


Onde você estuda para se tornar um designer e manter o artesanato dos artesãos

Se você é um artesão com uma mente criativa e deseja se formar, por que não se formar em design? Saiba que esta área pode estar intimamente relacionada com o que você faz, e pode permitir que você avance em sua carreira ou até mesmo aprenda sobre outras questões que podem ser utilizadas em seu trabalho posteriormente.


Obter um certificado neste campo não é difícil. Se você mora em São Paulo, é só dar uma olhada no portal da FMU. Lá você encontrará treinamentos, por exemplo, em design, moda e arte. Enquanto estuda nesta instituição de ensino, você aprenderá a superar os desafios profissionais e ingressar no mercado de trabalho. Além disso, você estudará teoria e prática para aprender a trabalhar como designer.


Outra instituição de ensino de alta qualidade é a Estácio. Lá você também encontrará treinamentos presenciais e a distância em diferentes regiões do Brasil com qualidade acadêmica, e poderá aprender com professores que ajudarão no seu desenvolvimento profissional.


Por que estudar?

O objetivo do curso de design em ambas as instituições é formar profissionais criativos e inovadores. Além disso, você pode encontrar uma maneira de crescer em sua educação com o apoio de professores competentes e experientes.


Depois de concluir a graduação, se você quiser deixar de ser mestre e trabalhar na indústria, esse treinamento seria muito adequado. Lembre-se de que o artesanato pode ser uma fonte alternativa de receita e pode ajudá-lo com seu orçamento.

Alternativamente, você pode usar o que já sabia como artista e agora aplicar isso ao seu design. Porque ambas as profissões exigem criatividade. A diferença é que o diploma agregará valor ao currículo e você poderá ingressar no mercado de trabalho.


Conclusão

Como você está? Você conseguiu estabelecer relações com o mestre e o designer? Qualquer um desses profissionais tem grande potencial criativo. Embora o foco do trabalho varie, a essência dessas profissões é quase a mesma. Porque ambos estão associados à beleza, imaginação, arte e criatividade.


O campo do design está mudando um pouco, pois requer uma estratégia para o mundo dos negócios, bem como uma busca pela padronização dos produtos. Por outro lado, tanto o designer quanto o artesão possuem um amplo campo de atuação, sendo que uma profissão complementa a outra. Sem dúvida, aqueles que se interessam por artesanato e gostam de criar coisas terão um design um tanto parecido.


Se você gosta deste tópico e quer saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou coisas interessantes, não deixe de conferir a categoria de artigos do  blog Ver e Fazer. Lá contém uma série de informações relevantes para sua vida profissional e pessoal.









Postar um comentário











© Ver e Fazer. All rights reserved. Developed by Jago Desain