Marketing Digital para Cirurgiões Plásticos: O que não fazer nas redes sociais de acordo com o CFM? - Ver e Fazer

Site de ideias criativas



Marketing Digital para Cirurgiões Plásticos: O que não fazer nas redes sociais de acordo com o CFM?


Confira esse Marketing Digital para Cirurgiões Plásticos: O que não fazer nas redes sociais de acordo com o CFM? para fazer em casa

 Marketing Digital para Cirurgiões Plásticos: O que não fazer nas redes sociais de acordo com o CFM?



O marketing digital para o cirurgião plástico é, mais do que nunca, uma ótima alternativa para o profissional de saúde divulgar seu trabalho, porém, por não conhecer as normas do Conselho Federal de Medicina (CFM), muitos acabam cometendo erros que são. punido. Com isso em mente, uma agência de marketing digital explicará o que não se deve fazer nas redes sociais ao aplicar o marketing digital a cirurgiões plásticos. A conta!



Marketing Digital para Cirurgiões Plásticos - Normas do Conselho Federal de Medicina (CFM)

O marketing digital oferece muitas estratégias e ferramentas eficazes para os cirurgiões plásticos se destacarem sem violar o código de ética profissional. Isso requer a leitura e compreensão dos padrões estabelecidos nas Diretrizes da Declaração Médica estabelecidas pela Resolução 1974/11 do Conselho de Ministros das Relações Exteriores. Portanto, a seguir você pode se familiarizar com as regras básicas.


Não faça um cirurgião plástico em marketing digital

# 01. O CFM proíbe o uso de quaisquer adjetivos redundantes e não comprovados como "Melhor cirurgião plástico do Brasil". Expressões que prometem resultados garantidos, como “o único cirurgião plástico que pode garantir o resultado que você sonhou”, também são proibidas na distribuição médica porque é impossível garantir o índice de sucesso do procedimento.


# 02. Outro método que não deve ser seguido em marketing digital para cirurgiões plásticos é estudar fotos comparativas de antes e depois que mostrem o efeito do tratamento no paciente de forma ofensiva ou tentadora, mesmo que o paciente dê permissão. Mensagem. Isso porque, como a medicina não é uma ciência exata, esse resultado nem sempre será o mesmo em outro paciente.


# 03. Também é proibida a distribuição e divulgação de imagens (ou selfies), imagens e áudios obtidos com os pacientes durante o tratamento, seja ele cirúrgico ou mesmo durante consultas em sites e outros canais de comunicação.


# 04. Conforme estipula a Lei 12.842 / 13, em seu artigo 7º, que atribui a autossuficiência ao papel de determinar o que é experimental e o que é aceitável para a prática médica, os cirurgiões plásticos não podem utilizar a Internet para divulgar métodos ou técnicas. Não é considerado cientificamente sólido e não é reconhecido pelo CFM.


Não. 05. Além do cirurgião plástico não poder divulgar uma especialidade ou área de atuação não reconhecida, ele não pode divulgar informações sobre uma especialidade para a qual não esteja habilitado e não esteja registrado em conselhos médicos. Isso inclui a divulgação de títulos científicos sem comprovação, pois incentiva o paciente a acreditar que o especialista está qualificado para tratar determinado órgão ou doença.


# 06. Outra limitação é a participação em comerciais de qualquer natureza ou a divulgação de informações sobre procedimentos médicos de natureza comercial. Recomenda-se que as informações, entrevistas e artigos sobre questões médicas sejam enviados apenas para fins educacionais. Portanto, uma das melhores alternativas hoje em dia é contar com o marketing de conteúdo, onde ao invés de tentar "vender" um serviço, você disponibiliza ao público informações atualizadas sobre saúde e qualidade de vida, preferencialmente dentro da sua especialidade.


# 07. No marketing digital para cirurgiões plásticos, não é permitida a inclusão de informações sobre consultas, preços de procedimentos, fazer promoções ou oferecer descontos. Essas pactuações devem ser feitas individualmente, seguindo um correto diagnóstico dos procedimentos a serem realizados e as evidências terapêuticas disponíveis.


Veja também: 09 Dicas de Marketing Digital Gold para Cirurgiões Plásticos?


Conforme mencionado anteriormente, existem muitas regras a evitar para não ser penalizado por CFM. Portanto, é importante que toda a estratégia de marketing digital seja construída desde o início com esses requisitos do Código de Ética em mente e sempre que possível





Gostou do Marketing Digital para Cirurgiões Plásticos: O que não fazer nas redes sociais de acordo com o CFM? Compartilhe com seus amigos.

Deixe seu comentario

/ / /